Projeto
Espetáculos

GEOCIDE

GEOCIDE (2017)

Slider
 SINOPSE

“Geocide” conta a história de um mundo pós-antropoceno. É uma história sem História, num lugar mais ou menos distópico, mais ou menos distante.

No palco, três seres confinados no seu próprio mundo habitam um espaço. A ação não está naquilo que eles transportam, mas no dispositivo que pisam. Imagina-se um tempo (“futuro”?) onde a memória terá sido apagada a favor de uma noção de humanidade reduzida à (sua) eterna contemplação.

Enquanto artistas, mas também enquanto espetadores e cidadãos, interessa-nos equacionar a possibilidade de um mundo pós-verídico, para lá da evidência de um discurso catastrofista facilmente político-panfletário, solucionador ou consolador. Queremos antes abrir um espaço de observação essencialmente topográfico (o espetáculo/mundo enquanto destination resort) e tecnocêntrico (a Máquina a colocar o Homem na condição de eterno turista), mas sem aditivos morais, mais ou menos punitivos, mais ou menos redentores. Queremos ficcionar um lugar que é a sua própria representação, antecipando esse dia em que os mapas serão mais reais que os locais mapeados.

 
FICHA ARTÍSTICA

Criação: Cátia Pinheiro e José Nunes 

Coordenação Dramatúrigica: Rogério Nuno Costa

Interpretação: Cátia Pinheiro, José Nunes e Tiago Jácome

Desenho de Luz: Daniel Worm d’Assumpção

Conceção Plástica: Cátia Pinheiro

Figurinos: Jordann Santos

Assistência à Criação: Mafalda Banquart e Tiago Jácome

Imagem, Registo e Apoio ao Video: António MV

Produção: Estrutura

Coprodução: Centro Cultural Vila Flor, 23 Milhas – Fábrica das Ideias da Gafanha da Nazaré

Apoio à Residência: O Espaço do Tempo, Centro de Criação de Candoso e Fábrica das Ideias da Gafanha da Nazaré

Apoios: Resinorte, Teatro Universitário do Porto

Classificação Etária: M/12

Duração Aproximada: 60 minutos (sem intervalo)

Agradecimentos: Teatro Praga, Restaurante Estrela do Mar (Gafanha da Nazaré), Joana Mont’Alverne, Bruno Reis, Carlos Mota, Isália Faro, Otília Faro, Romualdo Passos, Xana Novais, Diogo Bessa

CALENDARIZAÇÃO

1 de Junho de 2017 

– Centro Cultural Vila Flor (Guimarães);

16 de Junho de 2017

– Fábrica das Ideias (Gafanha da Nazaré);

___________

+WEEK:

09 de Maio de 2019

–  Teatro Helena Sá e Costa (Porto) – 19h

10 de Maio de 2019

–  Teatro Helena Sá e Costa (Porto) – 15h

GALERIA DE VIDEOS
GALERIA DE IMAGENS