Projeto
Espetáculos

PARTY

PARTY (2019)

Slider

Há uma festa. A festa já acabou. Se calhar nem começou. Ou então está a decorrer só que nós não damos conta. A festa está a acontecer só que não fomos convidados. Não chegou a acontecer, foi cancelada. Ninguém apareceu. Perdemos a vontade. Estava tudo preparado ao mínimo pormenor, só que houve um imprevisto de última hora. Queríamos muito festejar, mas falta-nos a energia, andamos muito cansados. Para o ano há mais. Da próxima é que vai ser… O que conta é a intenção!

Party é uma festa sobre a impossibilidade da festa. Ou sobre a possibilidade de uma festa que celebra a falha, o erro e a catástrofe, de uma forma ao mesmo tempo inesperada e inevitável.
Ou inesperada mas, ainda assim, inevitável.

Imaginamos uma festa estranha, disfuncional, onde nos colocamos em palco com a nossa família artística para pensar um percurso, o da companhia e o das pessoas que à volta dela gravitam, público incluído. A alegoria do processo criativo que é também a alegoria da vida. A preparação meticulosa de um momento tão fugaz quanto o apagar de uma vela. Um espetáculo-prenda, que é triste não porque nos comove, mas porque vai desaparecer. It’s our party and we’ll cry if we want to.

Criação: Cátia Pinheiro & José Nunes em colaboração com Ana Lopes, André Godinho, Daniel Worm d’Assumpção, Jordann Santos, José Maria Vieira Mendes, Mafalda Banquart, Pedro Nabais, Rogério Nuno Costa e Vasco Rodrigues

Interpretação: Ana Lopes, Cátia Pinheiro, Jordann Santos, José Nunes, Mafalda Banquart, Pedro Nabais, Rogério Nuno Costa e Vasco Rodrigues

Conceção Plástica: Cátia Pinheiro

Desenho de Luz: Daniel Worm d’Assumpção

Música e Desenho de Som: Vasco Rodrigues

Figurinos: Jordann Santos

 Assistência à Criação: Mafalda Banquart

Construção de Cenários: Cátia Pinheiro, Pedro Nabais e Vasco Rodrigues

Apoio Técnico: Pedro Nabais

Produção Executiva: Ana Lopes 

Voz Off: José Maria Vieira Mendes, Paula Sá Nogueira, Diogo Bento, Tiago Jácome e Pedro Penim

 Atores em Vídeo: Ana Tang, André Godinho e Tiago Jácome

Residências: O Espaço do Tempo e Teatro Campo Alegre

Coprodução: Estrutura e Teatro Municipal do Porto

Apoio: República Portuguesa – Cultura | DGARTES – Direção-Geral das Artes

Agradecimentos: Teatro Universitário do Porto, Cão Solteiro, Pedro Santos, Tiago Jácome, Jani Nummela, Ju de Ló, Tonan Quito, José António Ares, Paulo Correia, Inês Réfega, Fátima Bragança

Classificação: M/12

Duração: 60 minutos (aproximadamente)

CALENDARIZAÇÃO

28 e 29 de setembro de 2019

– Teatro Campo Alegre (Porto)